28 agosto, 2007

Postal de Goa VI : Vícios

Sempre que vou de férias para outros lugares, tenho tendência a obter novos vícios, mesmo quando necessariamente temporários. Goa não foi excepção...

O Coffee Day é uma cadeia de cafés que só existe na Índia e que já tem 326 lojas abertas. Esta é a de Panaji por onde passei praticamente todos os dias, dado ser o único sítio em que se podia beber um café de jeito (para o nosso gosto). Na generalidade dos sítios se se pedir só café recebe-se leite com café e se se pedir black coffee recebe-se Néscafe... Uma espécie de Starbucks dos pobrezinhos, para além dos cafés normais e gelados, também tem uns bolos de chocolate maravilhosos...


Com tanto picante na comida, a cerveja foi a bebida de eleição para acompanhar as refeições. Esta Cobra tem a particularidade de (contrariamente ao que acontece com as nossas cervejas) não encher, e isto apesar de não ser daquelas lagers tão leves que não sabem a nada (como a Kingfisher). Já a conhecia de cá, mas foi só com o consumo repetido que a fiquei a apreciar. Disponível em garrafas de 33 e 75 cl, optei quase sempre pela 2ª. Curiosamente nota-se que a produção da cerveja ainda deve ser semi-artesanal, dado ter notado várias diferenças de sabor...


O Gold Flake tem o tamanho do nosso SG Filtro e vende-se em maços de 10 cigarros por menos de 0,50 €. É muito bom para uma coisa tão má... Também aproveitei para fumar uns beedies que também são muito agradáveis.


Tal como já referi anteriormente, fiquei hospedado no Hotel Nova Goa em Panaji. Não é um hotel de luxo (se quiserem luxo podem sempre pagar 300 € por noite no Taj de Fort Aguada), mas é muito limpo, o pessoal é imensamente prestável e simpático, o restaurante é muito bom, o ar condicionado funciona e tem a vantagem de ficar mesmo no centro da cidade...

Agora que já estou em Lisboa e de volta ao emprego (nunca me custou tanto voltar lá), sinto imensa falta destas coisas todas... O que vale é que a S fez Caril de Frango para o jantar...

11 comentários:

Fifi disse...

Goa ficou-lhe no sangue!É bom "ouvir" um viajante tão excelente observador de pequenos, grandes pormenores.

Anónimo disse...

Bem vindo de volta. Faz-me aguar com os teus relatos.

Abraço,

Zee Xiken

Bruno Taborda disse...

Fifi: Obrigado pelo elogio (sabe sempre bem)...

AnoniXiken: Bem vindo de volta tu também. Não sei se já te disseram, mas a inveja é uma coisa muito feia ;-)

Anónimo disse...

eu tambem descobri a Cobra ha pouco tempo, aqui em Londres e relativamente comum. sim, sim, vai muito bem com os caris picantes. mas parece-me consistente, ja comprei no supermercado, e bebo no indiano da esquina. se calhar sao mais aprumados no 'brewing' para exportacao...
anyway, welcome back!
bjinhos
AR

Bruno Taborda disse...

AR : Cá pelo reino dos Tugas também existe na maioria dos restaurantes indianos, mas não tenho ideia de ter visto nos supermercados. As variações de sabor que verifiquei também podem ser devidas ao estado lamentável das minhas papilas gostativas e à variedade de especiarias a que não estavam habituadas... 'Jinhos back at u...

fifi disse...

É mesmo de macho só pensar no que dá prazer ao físico! comentários aos relatos feitos com "alma" e pormenores do viajante BT,que é feito deles?

Anónimo disse...

cara fifi,
nao sei q historias o ervilha porventura tera inventado a meu respeito, mas queria esclarecer aqui que, apesar de ocasionalmente me dar a actividades pouco dignas de uma senhora, tais como beber cerveja e arrotar, EU NAO SOU UM HOMEM (a serio, nao sou mesmo, ate fui agora espreitar para dentro das cuecas para ter a certezinha absoluta)
!burp!
AR

Ervilha Escriba disse...

AR,

Gostei do seu comentário e confirmo que é uma arrotadeira de primeira categoria.

Rogo-lhe, no entanto, que não escreva o meu beatificado nome em letra minúscula, é que EU SOU UMA ERVILHA MACHO (a sério, ainda agora, confirmei com a mão que não está a teclar)

Ervi

LR disse...

Vende-se no supermercado do Corte Inglés.

Golden Girl disse...

Fui ao El Corte Inglés de propósito e nunca tinham ouvido falar do Ervilh@, nem aceitavam encomendas.

Afinal de que é que o LR estava a falar?

Cumprimentos

GG

LR disse...

Da Cobra, minha cara dourada.