24 março, 2006

BD : Revelations

Quando esta mini-série foi anunciada quase há um ano, a minha primeira reacção foi "Oh não! As cópias do Código Da Vinci já chegaram aos comics...". Mas pelo facto de ser publicada pela Dark Horse e por gostar dos criadores: Paul Jenkins pelo trabalho feito no Hellblazer, na mini-série da Marvel Knights dos Inhumans e pelo Origin; Humberto Ramos principalmente pelas séries limitadas que co-criou (Crimson e Out There), decidi arriscar. E devo confessar que não me arrependi.

Em Revelations assistimos à chegada de Charlie Northern, um dos detectives de topo da Scottland Yard, ao Vaticano para investigar a morte misteriosa de um alto cargo (indicado como possível sucessor do Papa) que foi projectado da janela do seu escritório. Mas os motivos porque lhe foi "encomendada" esta investigação não são nada óbvios, dado o próprio Vaticano estar a esconder a verdade e a fazer tudo para que não chegue a nenhuma conclusão.

Para mim a série funciona essencialmente a três níveis: a personagem principal está muito bem pensada, tendo ele próprio "perdido a fé" após acontecimentos traumáticos na sua vida, e é de um cinismo brilhante; os diálogos, e estes representam a fatia de leão da série dado tratar-se essencialmente de uma investigação criminal, estão muito bem escritos; a arte de Ramos parece ter evoluido uns 300% e está um espanto. Mas sobretudo consegue manter o interesse a níveis muito elevados ao longo dos seus 6 números, tendo-se tornado um dos primeiros comics a sair da pilha sempre que recebia um lote.

A Dark Horse vai editar o TP em Junho e não me parece ser de excluir a possibilidade de que isto saia por cá, dado ter nitidamente as condições que normalmente parecem ser necessárias para uma edição "premium" da Devir: séries fechadas com arte cativante e com autores em início de carreira. A ver vamos...

3 comentários:

Ronzi disse...

Realmente fiquei curioso quanto a esta série. Já estava lendo REX MUNDI que tem como temática algo parecido com Da Vinci Code, mas foi lançado antes do best seller de Dan Brown.

Seu blog é muito bom, meu caro. Voltarei sempre.

Abraços Brasileiros.

Bruno Taborda disse...

Que coincidência! Por acaso estive a ver uma páginas do REX MUNDI na net e também fiquei com muita curiosidade... E parece que vai passar para a Dark Horse...
Obrigado pelo elogio ao blog... e abraços Portugas em troca ;-)

Ferrão disse...

Também gostei muito dos três pontos que referes. Não é uma BD de investigação criminal magistral, mas está bem escrita e a arte de Ramos está superba, o que faz com que no final seja um dos títulos mais interessantes que por aí apareceram. Gostei muito.