08 fevereiro, 2006

O Desafio


O meu amigo Xá-das-5 desafiou-me para uma "corrente" entre blogueiros em que temos de escrever sobre cinco traços da nossa personalidade e passar a outros cinco blogs... Apesar da auto-análise não ser o meu forte, aqui vão:

1 - A minha rotina matinal é algo estranha e demora um total de 2 horas:
- assim que me levanto passo 30 minutos na net a ver o mail e a basicamente acordar;
- 30 minutos a tomar banho;
- 30 minutos a tomar o pequeno almoço;
- 30 minutos na retrete (sou muito regular);
As duas últimas actividades são feitas em processamento paralelo com a leitura, pelo que já estão a perceber como é que consigo ler tanta coisa.
Para conseguir fazer esta cena toda, tenho que acordar todos os dias às 06:30, mas pelo menos estou a combater o stress...

2 - Apesar de ter carta de condução à quase 20 anos e de ter carro no meu agregado familiar, nunca conduzo... Eu até gosto da cena de manipular o carro e meter mudanças e tal, mas o facto de não controlar e dificilmente prevêr o que os outros condutores vão fazer, deixa-me numa tensão insuportável. Quem já me viu a conduzir diz que passo o tempo todo a suspirar, o que é sintomático da infelicidade que sinto...

3 - Confesso algum preconceito em relação a coisas comuns ou comercias, mas tento sempre respeitar os gostos dos outros, apesar de às vezes não o conseguir (nomeadamente é impossível esconder o asco que tenho pela Celine Dijon e outras divas galináceas do mesmo campeonato)... Por causa deste preconceito, tenho um bocado a mania de que sou um tipo de bom gosto, com ideias muito originais e um bocadinho louco, apesar de na realidade ser perfeitamente normal (segundo me dizem), e isto apesar dos problemas psicológicos que todos temos (também há quem os considere graves, mas não vamos entrar por aí).

4 - Tenho muito pouca força de vontade! Quer seja para fazer dieta, exercício físico ou deixar de fumar, todas as minhas tentativas saiem frustradas. Basicamente acredito que o estado natural do ser humano é sentado no sofá (a fumar), apesar de também achar que existem algumas coisas pelas quais vale a pena mudar de posição de vez em quando ;-)

5 - Quando era miúdo (leia-se quando vivia em casa dos meus pais) tinha a mania de tirar burriés do nariz e colá-los na parte inferior do beliche onde dormia (como o único irmão que tive foi um cão, a parte de baixo era a secretária para o computador e toda a lixeirada que eu acumula-se). Infelizmente fui descoberto por alguns dos meus amigos, que também não acharam muito estranho dado alguns dos seus habitos (como coleccionar as unhas cortadas e coisas do estilo), e eles ainda hoje andam a passar a mão pelos móveis da minha casa a ver se descobrem o meu esconderijo actual... Penso que terei sido influenciado pelo "O que diz Molero" de Dinis Machado que li numa altura formativa, mas juro que nunca os comi depois de secos ;-)

Como podem ver a fotografia não é lá muito bonita. Não vou poder passar isto a 5 blogueiros porque ando nisto há muito pouco tempo e tenho poucos amigos (e não admira), mas aqui vão dois:

3 comentários:

xá-das-5 disse...

ahahahahahahahahahahahahahha
gostei, francamente gostei!!!!

Ferrão disse...

Demorou, mas respondi :)
Adaptei ao mundo da BD.
O teu está hilariante.

Bruno Taborda disse...

Bem... digamos que o meu está muito verdadeiro... Eu é que sou hilariante (in a weird kind of way)...
Também achei o teu *****...