16 dezembro, 2005

Retrete I


Hoje estreio este novo espaço, que pretende ser aquilo a que a grande maioria da comunicação social (e anti-social) intitula de "Editorial". Então, perguntarão os leitores que ainda não desistiram, porque é que esta coisa se chama Retrete em vez de EDITORIAL. Passo a explicar o meu raciocínio retorcido e mal-cheiroso...

O Editorial, é o espaço em que o manda chuva de uma publicação, dá palmadinhas nas costas aos seus colaboradores e/ou aos seus leitores. É assim um bocado como o empregado do mês no McDonald's. Ora... apesar de eu ser tão egocêntrico como qualquer director de pasquim, tenho 2 graves problemas: não tenho colaboradores e, apesar das 211 visitas que já tive, suspeito que também não tenho leitores (71,9% das visitas demoraram menos de 5 segundos, o que nem dá para olhar para os bonecos), por isso só me resta dar palmadinhas nas costas a mim próprio e congratular-me por estar a fazer um excelente trabalho e por estar a tornar o mundo um sítio melhor para se viver... Assim sendo, digamos que o que estou a fazer é uma espécie de auto-análise, ou seja, deitar as merdas que tenho na alma cá para fora na esperança que ninguém as leia e que o Blogger desapareça repentinamente num dia de nevoeiro, por forma a que daqui a uns anos não seja possível ficar horrorizado com as brutidades que escrevi no presente. Ou seja, exactamente a mesma coisa que se faz na retrete!

Para além da introdução a este espaço de elevado calibre cultural, queria também fazer um mini-balanço deste primeiro mês a bloggar por aqui. Os primeiros posts que fiz demoraram muito tempo porque estava um 'cadinho enferrujado destas andanças da escrita, mas acho que agora começo a fluir melhor (deve ser o Microlax a fazer efeito). Fui bastante fustigado por escrever sobre um filme infantil, e eu próprio já me auto-flagelei por causa disso, mas devia estar sobre efeito de anti-depressivos ou coisa do estilo (normalmente só começo no Jameson às 7 da tarde). Prometo não escrever sobre mais nenhum filme para menores de 18, OK?

Quanto aos meus antigos camaradas de luta, que tentei chamar para esta nova aventura logo no início, ainda não tive qualquer resposta. Uns porque estão longe, outros porque estão perto mas tomam antibiótico, outros porque se calhar estão velhos, ou porque já têm outro blog para o qual não escrever... Suspeito que terão de me aturar a mim a solo por mais algum tempo. Podem ter a certeza que não me vou já embora, apesar da fraca penetração (ainda não recebi nenhumas cuecas de renda usadas para cheirar), o simples facto de andar por aqui a escrever é suficiente para me sentir melhor, e poder reduzir a dose diária da medicação...

Agradecimentos ao Warren Ellis pela ideia da foto, e ao construtor do meu apartamento pela sanita verde e pelos azulejos com florzinhas que ficaram tão bem... e às pessoas que me têm dito palavras simpáticas (e provavelmente falsas ;-) sobre esta tanga...

9 comentários:

xá-das-5 disse...

Ora ora!!!
A verdade é que o filho do Sr Tiago repousa calmamente ali ao lado, mas o que me chocou profundamente foi o teu gosto (escondido) pelos Censurados, essa mítica e coitada bandeca lsboeta.

Agora, amigo pasquimnheiro (será que inventei um novo adjectivo?), se precisares de ajuda enquanto os outros de degladiam com o IRC ou deglutam o pitéu da SS, podes contar comigo.
Vamos entrar em confronto, mas como é de saídas que falas, vou-me embora sem aviso prévio de 30 dias ao patronato.

É que eu tb tenho um lap de 17" mas acabei de me brindar com um Vaio de 14,1", o que, sejamos realistas, condiz bem melhor com a azuleijaria que enobrece ambos os nossos quartos de banho.

Trampa bem!
:)

Bruno Taborda disse...

Jovem Xá,

Confesso não ter percebido metade do que escreves-te a cima! Será que andas a abusar da medicação? Ou a começar no Jameson antes das 19:00? Ou então sou eu que fiquei com o cerebro derretido com o Narnia...
Pergunto: Quem é o filho do Sr. Tiago?
Esclareço: O meu lap dance de 17" é propriedade de uma instituição bancária cujo nome não posso revelar e para a qual não trabalho... eu por cá continuo nos Desktops... mas apenas porque não tenho gito para comprar um Vaio (seu CatDog)!

xá-das-5 disse...

O vaio que eu comprei é dos laps mais baratos que há por aí. Até a Fanas (fnac) o vende por 1290.
Quanto ao filho do sr Tiago... bem... James é Tiago em tuguez..... vai daí pensei estar a escrever uma chalaça que até compreenderias...
Olha, a Zep sabe muito bem que James Son é quem é...

xá-das-5 disse...

ó amigo nerdish.
Tens que vir aqui mais vezes, porque senão a malta esquece.
o Dead Man´s Shoes já quase chegou....

Bruno Taborda disse...

Como deves depreender do meu último post, isto tem andado difícil com o emprego e a prep para o Natal (que é cá por casa). Por isso não tenho tido tempo para nada... Para a semana há mais ;-)

xá-das-5 disse...

promessas....

Anónimo disse...

Não se iludam, ninguém escapa à Inquisição Espanhola.
LR

Anónimo disse...

No meu tempo isto não era tão "nerd-o-geek"!!! O mestre manda chuva anda por fora e é o que dá! Nem o raio do rectangulo da censura soubeste colocar na vertical! O marketing é muito importante nos dias de hoje! E digo mais: vozes de gato e de anjo não chegam ao céu...
Pequeno Ditador

Bruno Taborda disse...

Finalmente! É verdade que "no teu tempo" isto era bastante mais divertido, mas as minhas "críticas" e tal sempre foram bastante nerdish (antes nerdish do que elvish ;-). Cria um user no blogger que eu adiciono-te logo aos autores do "blog" para poderes destabilizar a coisa... Ou então manda chuva que também faz falta...