18 janeiro, 2009

Filme : Slumdog Millionaire

Grande filme! Boyle pega numa história mais ou menos clássica - o rapaz pobre que depois de muito sofrimento consegue vingar na vida e encontrar o amor verdadeiro - e baralha completamente os elementos tradicionais até chegar ao seu final feliz. Não é que eu goste muito de finais felizes, mas este parece ser o primeiro filme em que o realizador consegue balancear na perfeição o seu lado negro (Trainspotting) com o lado mais fluffy (Millions). Depois há o efeito globalização: ao apostar em fazer este filme na Índia, e dar-nos a ver o que a vida é para a maioria das pessoas no mundo, Boyle correu muitos riscos (calculados sem dúvida, mas riscos na mesma), e apesar de criticas a apontarem para a "vista externa simplista" do realizador, a cerimónia dos Globos de Ouro provou que a aposta foi ganha.

Boyle continua assim a ser um dos meus realizadores preferidos que alia a dinâmica e o virtuosismo da sua realização, a projectos fora de comum, não tendo até à data caído no facilitismo Hollywoodesco. Venha de lá esse Oscar...

8 comentários:

luna disse...

como sempre, a expressao resumida do que sente! :-)

Maria disse...

Sempre achei que o Shallow Grave demonstrava mais o lado negro do ser humano que o Trainspotting, e ambos estão na minha lista de filmes favoritos :). Não gostei muito da "Praia" e como não sou fã de filmes de terror ainda não conseguir ver o 28 dias. Após o que foi, na minha opinião,uma tentativa de copiar o 2001 Odisseia no Espaço com o filme Missão Solar, fico na expectativa de ver um filme de Boyle :).
Beijinhos

Maria disse...

Ahhh e venha de lá esse Oscar... era bom que fosse para um britânico!Ainda estou para ver uma cerimónia imparcial!

Bruno Taborda disse...

Maria : Concordo com o que dizes sobre o Shallow Grave, o Trainspotting mostra mais a estupidez humana. Tens de ver o 28 Days Later, ultrapassa e muito as barreiras do género.

CC disse...

Ó Bruno, o que tens contra ver os filmes no seu local apropriado (e não em casa)?

Ervi Mendel disse...

Diz que anda com pouca di$ponibilidade...

Miguel Matias disse...

Slumdog Millionaire foi merecidamente o filme ganhador da edição desse ano dos Globos de Ouro. Há até um pormenor interessante com relação à música da película. M.I.A. colaborou na feitura da trilha sonora do filme, ao mesmo tempo que trabalhava com um produtor que está sendo referido como o “Timbaland da Índia”. Quando li sobre isso, adorei o conceito! Se você também se interessa pelos produtores da moda como os Neptunes ou o próprio Timbaland (o verdadeiro!), checka esse link:
http://cotonete.clix.pt/quiosque/especiais/produtores/index.asp

Bruno Taborda disse...

CC : Tu fizeste algum pacto com o LR? Ele só posta de 6 em 6 meses e tu só comentas com a mesma frequência? Que sejas bem aparecido! Quanto à tua pergunta, eu adorava ver filmes no local que deve ser, mas respondo-te com outra pergunta: Já tens filhos?

Ervi Querido : Não preciso que me protejas do senhor, está bem? Eu consigo com ele...

Miguel : Eu gosto da M.I.A., mas estou um bocado a borrifar-me para os produtores da moda. Aliás, estou-me a borrifar para as modas em geral. Tento sempre apreciar as coisas com os meus sentidos e não com o que os outros dizem (apesar de só os eremitas estarem livres de influências externas)...