11 agosto, 2006

Livro : Tourism (Nirpal Singh Dhaliwal)


Mais um pequeno livro que me seduziu na Borders de Oxford St. (e admito que com esta capa é fácil de ser seduzido), e que apresenta um autor com bastante potencial.

A personagem principal, um tal de Bhupinder 'Puppy' Singh Johal, é um descendente de Indianos jeitoso, cínico e com poucos principios que abandona o bairro de imigrantes onde foi criado (Southall) para se misturar com a elite da sociedade de Londres. Por elite leia-se a malta da massa, as modelos, etc. A falta de objectivos e interesse profissional na sua vida é constante (escreve umas "críticas" de música para as quais se limita a transcrever os press releases) e vive a vida de forma bastante hedonistica (sex & drugs & vegie curry), à custa da namorada, uma modelo loira (em todos os sentidos) e Inglesa de gema, a qual não ama.

Nitidamente bastante autobiografico, a escrita é bem fluida e tão honesta na observação da interacção entre raças, e na confusão do mundo em que vivemos, que por vezes me deixou desarmado (o que não é fácil), e penso que é neste ponto que poderão ter nascido as comparações com o Michel Houlebecq que por aí andam. Está longe de ser um livro perfeito, com um final bastante atabalhoado e a despachar (que se calhar era completamente desnecessário), mas o autor demonstra capacidades interessantes... Vejamos o que se segue...

3 comentários:

xá-das-5 disse...

não gosto do mamilo... descaído e tal.

Bruno Taborda disse...

É pá... Acho que estás a ser um bocadinho exigente, não? Posso sempre fazer uma montagem e por lá o meu ;-)
Isto só para te dar razão, claro... Não tem nada a ver com exibicionismo...

xá-das-5 disse...

ahahha. quero ver isso!